Como o Design Thinking Pode Ajudar Você a Montar a Sua Startup Social

O que é esta ferramenta chamada Design Thinking, que é tendência entre aqueles que trabalham com inovação, e como ela pode ajudar você a montar uma startup, seja na área social ou não?

Para elucidar este mistério eu convidei Fábio Salmoni do Estúdio Umcomum, que trabalha o Design Thinking baseado na Consciência Social.

Em 10 minutos o cara deu uma verdadeira aula sobre o tema. Totalmente didático para quem nunca ouviu falar sobre Design Thinking, e muito útil para quem quer entender melhor como funcionam as 4 etapas da metodologia:

  • Imersão
  • Ideação
  • Prototipação
  • Iteração

Como os Negócios Sociais, na maioria das vezes, precisam de soluções inovadoras, que não se encontram prontas na pratilheira do mercado, e nem podem ser facilmente encontradas em buscas pela internet, o Umcomum vem desenvolvendo este trabalho neste nicho de mercado crescente e promissor.

Como o Design Thinking é uma ferramenta nova, livre e flexível, muitos acreditam que seja mais uma abordagem do que uma metodologia, o que era meu caso até este papo esclarecedor.

Baseadas em decisões centradas no ser humano, questionando sempre o status quo, criando e experimentando de forma cíclica, buscando a melhoria contínua, Fábio ensina nesta conversa que cada etapa do processo de criação tem suas dinâmicas, ferramentas e indicadores para validação.

Pelo equilíbrio entre intuição e lógica, conceituação e execução, o Design Thinking se sustenta nos seus 3 principais valores: empatia, colaboração e experimentação, e isso se traduz nos resultados alcançados por quem usa a metodologia.

O termo Design Thinking foi cunhado por Tim Brown, CEO do estúdio Ideo, que fica no pier de São Francisco no Vale do Silício. Em 2014 estive lá e pude ver casos reais de produtos de companhias brasileiras sendo desenvolvidos, como Havaianas e Claro (esta mexicana, mas o produto era para o Brasil).

Design Thinking

Olha a solução criativa que encontraram para o estacionamento de Bikes lá na Ideo, onde fui recebido pelo designer brasileiro Belmer Negrillo.

Confesso que na época eu não compreendi como eu poderia aplicar estes conceitos tão inovadores em meus negócios, mas depois desta conversa com Fábio Salmoni, e o treinamento que estamos desenvolvendo sobre o tema, eu percebi que é mais simples do que eu imaginava.

Como simples é diferente de fácil, vale a pena ver esta entrevista, para poder desenvolver seus produtos dentro desta nova concepção mais humanizada.

Se quiser se aprofundar neste assunto, para dominar as ferramentas apresentadas neste artigo, convido você a clicar aqui, e se inscrever no treinamento Startup Social, que inclui um módulo sobre Design Thinking desenvolvido pela Umcomum, e muitos outros instrumentos para você criar sua Startup, como:

  • Business Model Canvas, do que vou precisar?
  • Startup Enxuta, como validar a ideia?
  • Growth Hacking, como tracionar e escalar?
  • Análise de Viabilidade Financeira, como ganhar dinheiro?
  • Recursos Humanos, como contratar, desenvolver e reter pessoas?
  • Negócios Sociais, como monetizar e impactar mais gente?
  • Capital, como capitar, cuidar e multiplicar os recursos?

E mais, muito mais…